Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 15 de Dezembro de 2019. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 
23/07/2012

Saúde Pública

Lançado movimento nacional pela correta aplicação dos recursos no SUS


Foi lançado no Rio de Janeiro, na sede da seccional da OAB, dia 20, o Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública. O Movimento exige a correta aplicação dos recursos no SUS, para garantir um sistema justo e de qualidade para o povo brasileiro. O objetivo é aprovar o projeto de lei de iniciativa popular que propõe a mudança na Emenda 29. A solicitação é para que o repasse de 10% das receitas correntes brutas da União para a saúde pública brasileira seja efetivo, alterando a Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012.
“O crescimento econômico tem sido propalado, mas não há repasse para a saúde. Essa luta não é corporativa, mas sim de toda a sociedade”, explanou a presidente do CRM do RJ, Márcia Rosa de Araujo. O vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Aloísio Tibiriça, acrescentou que “essa é uma luta da sociedade brasileira e nós estamos afinados com ela. Se o governo age de uma forma que nós não concordamos, temos que intervir”.
O objetivo é alcançar o recolhimento de 1,5 milhão de assinaturas, o que corresponde a 1% do eleitorado nacional. Para isso, a causa conta com o apoio do CFM e da Academia Nacional de Medicina (ANM), e de entidades civis, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que abraça este ano o tema “Fraternidade e Saúde Pública” na Campanha da Fraternidade. Dom Antônio Augusto Dias Duarte, representando a CNBB, afirmou que “a Confederação tem em seu histórico momentos importantes no Brasil e é a favor das grandes causas que beneficiem a sociedade”.

Juntos no movimento estão a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB), o vereador Roberto Monteiro (PCdoB), Felipe Santa Cruz, representante da OAB-RJ, Roberto Nabarro, da Federação das Misericórdias do Rio de Janeiro (Femerj), Ubiratan Cassano, da União Nacional dos Estudantes (UNE), e Maurício Ramos, da Central Trabalhista do Brasil (CTB). Acrescentam-se, ainda, o apoio da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal Fluminense (Sintuff), Associação Médica de Madureira e Adjacências (Amma) e da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem).

Depois do recolhimento das assinaturas, o material será apresentado à Câmara de Deputados, nos termos do artigo 61, parágrafo 2º, da Constituição Federal. Atualmente, a União investe na saúde o montante do ano anterior mais a variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB). Os estados precisam aplicar 12% do que arrecadam anualmente em impostos, enquanto os municípios investem 15% de sua receita.

Fonte: CFM

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2019 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3300-5400 e 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 09h00min às 18h00min